MARK ZUCKERBERG NÃO É MAIS UM DOS 10 HOMENS MAIS RICOS DO MUNDO

PATRIMÔNIO CAIU DEPOIS DE QUEDA NA BOLSA DE VALORES

www.radiopousoalegre.com.br

A queda de mais de 20% nas ações da Meta, controladora do Facebook, tirou US$ 23,6 bilhões da fortuna de Mark Zuckerberg, criador da empresa, após a apresentação de um resultado trimestral que decepcionou o mercado, na noite de quarta-feira (2).

O recuo de 19,6% no patrimônio líquido de Zuckerberg, de US$ 120,6 bilhões para US$ 97 bilhões, tirou o empresário de 37 anos da lista dos dez mais ricos do mundo pela primeira vez, desde julho de 2015, apontou o Índice de Bilionários da Bloomberg. O ranking é liderado por Elon Musk, dono da Tesla e da SpaceX, com patrimônio líquido de US$ 234 bilhões, seguido por Jeff Bezos, criador da Amazon, com uma fortuna de US$ 176 bilhões.

A queda de 8% no lucro líquido do Facebook, para US$ 10,29 bilhões, no quarto trimestre de 2021, em relação ao mesmo período de 2020, foi maior do que os analistas esperavam. O lucro por ação foi de US$ 3,67, abaixo do consenso de US $3,85 da FactSet. Já a base de usuários ativos mensais (MAUs, na sigla em inglês) cresceu 4%, para 2,91 bilhões, em relação ao quatro trimestre de 2020.

O Brasil registrou o quarto maior volume de usuários mensais ativos do Facebook,com 127 milhões de pessoas, no terceiro trimestre de 2021, segundo o relatório mais recente da empresa de análises de dados Statista. A Índia tem a maior base de usuários mensais do Facebook, com 349,2 milhões, seguida por Estados Unidos (193,9 milhões) e Indonésia (142,5 milhões).