FLUMINENSE: SAI ROGER VOLTA MARCÃO

Pressionado pelo desempenho ruim, o técnico Roger Machado não resistiu após a eliminação do Fluminense na Libertadores e foi demitido após reunião da diretoria neste sábado. O Tricolor caiu na competição após empatar com o Barcelona de Guayaquil por 1 a 1 no Equador. A ida havia sido 2 a 2 no Rio de Janeiro. O treinador tinha contrato até o fim de 2022.

Fluminense optou por efetivar o auxiliar técnico Marcão após uma reunião entre o presidente Mário Bittencourt, o diretor de futebol Paulo Angioni e os demais membros da cúpula do futebol em Laranjeiras. Marcão foi decidido pelo nome que tem sido uma “bola de segurança” da atual gestão. O conhecimento do elenco e as boas passagens nas duas últimas temporadas pesaram para a escolha do ex-volante de 49 anos.

Dois nomes, porém, chegaram a ser avaliados pela diretoria antes da decisão por Marcão. O jornalista Marcello Neves, do Jornal “O Globo”, informou que Dorival Júnior e Eduardo Barroca agradavam.

Eduardo Barroca atualmente comanda o Atlético-GO, que é o 7º colocado do Campeonato Brasileiro, com 23 pontos ganhos. Já Dorival Júnior está atualmente sem clube desde que deixou o comando do Athletico-PR, em 2020.